92-) Homem vestido de Hitler tirou foto com o Jair e o apóia???

Segundo várias fontes, em 3 de dezembro de 2015 um homem supostamente vestido de Hitler aparaceu na Câmara do Rio. Seu nome é Marco Antônio, conhecido como Professor Marco Antônio (PSC), de 54 anos e participava da discussão do Escola Sem Partido. Na própria matéria do Extra o professor nega que seja nazista e que é descendente de judeus.

Diz: “Estive na Câmara com cabelo cortado no estilo militar e estava com bigode estilo francês. Sou descendente de judeus franceses. É totalmente imoral a colocação que fazem de que sou neonazista. Estava usando três broches pequenos e uma cruz: um era símbolo da reserva do exército, a cruz de Jerusalém, o brasão da Congregação Mariana e a cruz desenhada como a do mérito Marechal Rondon”

Marco Antônio contou também que foi muçulmano durante oito anos e abandonou a religião por causa do Estado Islâmico. Hoje, ele é cristão e participa do movimento “Nacional Democracia”.

O candidato também afirmou ter uma filha homossexual e disse defender a união união estável entre pessoas do mesmo sexo, mas não o casamento.

Em nota, o Partido Social Cristão (PSC) respondeu às acusações contra o candidato:

“1- O PSC não tem conhecimento de atitudes que possam vincular seu candidato a qualquer postura de apoio ao Nacional-Socialismo, forma de governo que o partido repudia com rigor.

2- O próprio Marco Antonio Santos já informou ao partido que fará registro na Delegacia de Crimes de Informática contra aqueles que o acusam.

3- O PSC aguardará o acolhimento das denúncias, seja de que lado forem, pelas autoridades, e a posterior investigação. Somente depois desta investigação e a comprovação ou não de fatos ligados ao candidato é que o partido tomará providências.

4- O PSC tem 77 candidatos a vereador para as eleições de 2016.

5- O partido não apoia filosofias totalitárias, como é o caso do Nacional-Socialismo. A filosofia Social Cristã sempre foi uma das que mais combateu o nazismo, inclusive em seu início na Alemanha.”

Ainda em vídeo, o professor explica em detalhes do ocorrido:

Eis os broches que ele usava:

1-) Símbolo de reserva do exército:

2-) Cruz de jerusalém:

2-) Congregação Mariana Católica:

 

3-) Cruz General Ernesto Geisel, desenhada pelo próprio professor, inspirada na Cruz do Mérito Marechal Rondon :

Que cruz é essa? Segundo o professor ela foi inspirada na medalha do Marechal Rondon (imagens abaixo), mas foi confundida com a Cruz de Ferro do Reino da Prússia e adotada pelos nazistas:

A Cruz de Ferro em sua origem não era nazista e foi inspirada na Cruz de Cristo:

Medalha Marechal Rondon antiga:

Medalha Marechal Rondon atual (2):

Pra efeito de comparação, General Mourão e outros militares usam broches com cruzes parecidas, seriam nazistas também?

Se é uma cruz e preta, logo ela é nazista ? No século 14 só tinha nazistas então…. e se tiver bigode francês e cabelo pro lado então já pode mandar prender:

 

 

 

3 Comentários

  1. RAFAEL PEREIRA AIZEMBERG
    ·

    pode refutar a noticia de que o Paulo Guedes está desviando dinheiro com a ajuda BNDES,tem alguns esquerdistas aqui compartilhando no Face,mas como é portal de esquerda não vejo muita verificação

    Responder
  2. Rodrigo
    ·

    Boa tarde colega!!
    quero lhe parabenizar por este blog, e sempre q posso dou uma acompanhada!!
    tem um video no youtube, quando o Bolsonaro foi aos EUA, e um canal conservador disse q ele estava pedindo bençao aos rockfellers!!.foi isso mesmo?? vc ficou sabendo do ocorrido??
    Desde ja obg.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *