90-) Ex-esposas de Jair o acusam de ameaça de morte, furto a cofre e agressividade por ele??? feat. Itamaraty

A revista VEJA  fez uma reportagem dizendo que a segunda ex-esposa de Jair , Ana Cristina Siqueira Valle, acusou Jair de ter roubado seu cofre , de ocultar patrimônio e de ser agressivo. Também a Folha de São Paulo fez uma matéria  dizendo que o Itamaraty foi acionado  em 2011 pelo próprio Jair para interceder por ele , pois Ana morava na Noruega na época, como resposta Ana acusou o ex de ameaça de morte, o que levou a deixar o país. Rogéria Bolsonaro  (primeira esposa) também entrou na mira dos jornais.

Ana Cristina Siqueira Valle (2ª esposa), mãe de Renan Bolsonaro, desmentiu sobre a ameaça de morte  dito pela Folha e diz que Jair sempre foi um bom marido:

Entrevista EXCLUSIVA de Diego Rox com Ana Cristina e Renan Bolsonaro (01/10), onde desmentem a reportagem da VEJA :

Ana Cristina em entrevista para a Globo desmente a VEJA:

Em entrevista ao site G1 (Globo) Ana desmente a Veja e diz que na época estava de cabeça quente:

“Eu digo pra você que toda separação é muito difícil. Ambos os lados ficam magoados, né? Eu sou de temperamento um pouco, muito forte, um pouco não, muito forte e falo besteira. Eu acho que ninguém casa querendo separar. E como aconteceu isso, eu falei coisas que não deveriam, que não são verdades, são inverdades, tava magoada”. afirmou Ana Cristina.

Sobre a acusação de que Jair Bolsonaro tinha renda de R$ 100 mil, mais do que o que recebia como deputado federal e militar da reserva, Ana Cristina disse que mentiu no processo.

“É uma mentira minha, querendo, querendo… primeiro, eu não recebo pensão dele. Nunca recebi. A pensão era pro meu filho. E na hora a gente quer dar uma catucada no homem, a gente fala besteira”, afirmou.

Quanto ao conteúdo do cofre que alugava no Banco do Brasil e que foi furtado, Ana Cristina disse que havia joias que ganhou do primeiro marido. “As jóias do cofre são jóias minhas. Dadas pelo meu primeiro ex-marido. Algumas por ele e outras de família”, disse.

Ana Cristina disse que o responsável pelo furto do conteúdo de seu cofre já foi preso, referindo-se à Alberto Carraz, preso há dois anos acusado de furtar dois milhões de reais de cofres das agências do Banco do Brasil, onde trabalhava.

“Claro que não, gente. Já foi dado. Aquele rapaz lá que furtou o cofre. Furtou né? Ele já foi preso, não tem nada disso”, disse ela, que atribuiu novamente à raiva a acusação de 2008 de que Bolsonaro tinha sido o autor do furto. “Gente, é como eu te falei. Eu dei cotovelada, entendeu? Você vai falar o que? Você tá com raiva.”

Ana Cristina também voltou atrás na sua declaração de 2008 de que Bolsonaro era explosivo e de uma agressividade desmedida. “Nunca, Nunca (…) Que isso, minha querida! Minha querida, a gente não queria separar. Então quando a gente não quer separar, a mágoa a gente fala besteira, gente”, disse ela. “Jair é um bom pai, um bom ex-marido, é uma pessoa boa, nunca me agrediu. Falei besteira sim, num momento de raiva, de separação.”

Rogéria Bolsonaro (1ª esposa), mãe de Flávio, Carlos e Eduardo Bolsonaro desmentiu que Jair teria sido agressivo  e até chora pelo transtorno causado pela grande mídia:

A mídia  agora acusam de forma covarde que as esposas só defendem o Jair para se aproveitar de cargo público -> IstoÉ.  Quer dizer, invertem a narrativa, agora a palavra das “vítimas” não vale…

O portal “Bolsonaro Opressor 2.0” cita os pontos incoerentes da matéria da revista Veja e apresenta o que há de errado na matéria:

 

Em entrevista ao Boris Casoy  (28/09) Bolsonaro esclarece a polêmica com a ex-mulher Ana, disse que a VEJA cometeu um crime pois a separação corria em segredo de justiça , disse que estão tomando providências legais contra o dono do cartório, o juiz e a editora Abril,  também falou que própria revista se desmentiu na matéria:

Na matéria recente do Estadão, a Receita Federal a pedido de Ana Cristina Valle (na época em separação) foi acionada sobre a ocultação de patrimônio, investigou Bolsonaro em 2008 e não encontrou nada de anormal.

“Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher…”, parece que a mídia não liga pra isso.

Desespero às vésperas das eleições?

——————————————————————————————————————

Extra: Lembrando que a jornalista Joice Hasselmann acusou esta semana a revista VEJA e outros grandes meios de comunicação de receber mais de R$ 600 milhões para difamar o Jair nessa reta final de eleição, dando detalhes de como isso ocorreu e como está sendo feito. Lembre-se que a VEJA em particular recebeu mais de R$ 400 milhões de dinheiro público durante os governo de Dilma e Lula. Ao todo, todos os meios de comunicação recebem mais de R$ 1 bilhão de dinheiro estatal por ano, segundo o Poder360 com dados do Instituto de Acompanhamento de Publicidade.  Jair já prometeu em acabar com a farra do dinheiro público da grande mídia.

 

 

4 Comentários

  1. José Alberto Bernardino da Costa
    ·

    Jair, há muito venho acompanhando a política no Brasil e no mundo. Sou católico e como cristão, busco sempre a verdade. Abomino o politicamente correto e sou considerado até grosseiro por muitos da família de minha esposa e outros. Não tenho dúvida das suas boas intenções para com o país, e dos ataques da mídia brasileira para impedi-lo de ser eleito. Mas nosso Deus é maior e confiamos em Sua mão sobre nós. Venceremos! Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

    Responder
  2. Todoscomjair
    ·

    Cara coloca um plugin de compartilhamento, de nada adianta o esforço se não podemos compartilhar o post em midias sociais como Facebook, Twitter e principalmente o WhatsApp! Recomendo fortemente instalar um plugin.

    Responder
    1. Eliane Santos
      ·

      Todoscomjair, vc poderia ajudar nosso querido colaborador? Precisamos de ajuda querido. Unidos seremos mais fortes. Precisamos de toda a ajuda possível. Grata. Obrigada pelo trabalho .

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *