33) Casamento gay e adoção por casais gays

já é liberado

Sim, é verdade, ele é contra. Mas, no caso do casamento entre homem e mulher, a questão é constitucional. Se alguém quiser mudar, que apresente a emenda. Mediante aprovação, será assinada pelo Jair:

Veja dos 9:54 aos 10:38 (Entrevista ao New York Times): https://www.youtube.com/watch?v=a-5HGY0fvLo;

Veja aos 42:50: https://www.youtube.com/watch?v=a-5HGY0fvLo.

Veja agora que ele reconhece união estável do mesmo sexo na PM:

https://www.youtube.com/watch?v=tELaMAf8L2g

Sobre a adoção por casais gays o conceito é o mesmo do tópico 17*, que apesar dos gays nascerem gays e que os pais pouco influenciam na formação do filho, esses mesmos casais são adeptos da ideologia de gênero (normalmente) – o que pode ocasionar em alguma influência indireta para algo que a criança não seria de fato.

# CURTAM!!! -> Facebook : https://m.facebook.com/legiaopressora/

 

23 Comentários


  1. ·

  2. ·
  3. Emerson
    ·

    Casamento é uma instituição criada por Deus e que une um homem e uma mulher. Qual a dificuldade de entender isto?

    Responder
    1. Iury
      ·

      Isso é o que a igreja reconhece como casamento. Mas não o que um País laico deve reconhecer como casamento.

      Responder
      1. Sileia R. de Castro
        ·

        E o que tem a ver igreja (templo) com Deus que não é religião, não representa nenhuma delas, mas é criador do homem e da mulher,,,não de meio termo e também criador do casamento e da família? Ele está acima da laicidade, da política, das religiòes….então, vamos nos orientar pelo que nosso criador, Deus, nos ensina ou pela libertinagem de pessoas que querem enfiar guela abaixo de todo mundo que tudo é normal, é relativo, é admitido? Deus é soberano sobre tudo e todos, aceitem ou não….obviamente, não terá palavra mais assertiva que o próprio Deus, um mero parlamentar que nada conhece sobre as leis divinas, as quais estão acima das nossas, e ainda acham que vão dando liberdade ao povo de fazerem o que bem entendem. Interessante que quando fazerm algo contra, todo mundo cai de paulada pra cima deles….é puro interesse próprio e o de agradar a Deus está bem distante de ser lembrado.

        Responder
      1. Marcelo
        ·

        Vc veio de onde idiota do bigben qual sentido teria explosão só trás destruição e não vida esplode uma dinamite na tua casa burro

        Responder
  4. bubassauro
    ·

    O cara acha que por que ele é cristão todo mundo que mora no país tem que seguir a ideologia.. Não tem porque homossexuais quererem se casar na igreja cristã, sendo que na própria está escrito que é contra isso. Mas no civil não deve ter nenhum problema, sendo o país de estado laico. E no caso da adoção, não vou nem falar. Esse cara é doente menta.

    Responder

    1. ·

      Ele não vai te obrigar a ser cristão. Se você ler sobre conservadorismo e direita (que já deixamos desenhado aqui no site) as pessoas são livres de serem o que quiser e cada família administraria. O problema de se legalizar seria considerar isso “normal”, tendo o perigo de cair nas garras da ideologia de gênero e do marxismo cultural (pesquise isso), sendo estes um crime a humanidade.

      E está MUITO BEM CLARO ali que se esta for a vontade dos representantes, ele não vai vetar. Isso sim é demonstração de honra, respeito e evolução.

      Responder

      1. ·

        Mas ser gay é normal. E tem videos dele falando que votaria não em um projeto de casamento gay civil. O video ta no próprio canal dele.

        Responder

        1. ·

          Gays são normais, mas ser gay não e não deveria ser orgulho algo assim, como Clodovil disse, você deve ter orgulho de quem você é.

          Claro que não! União Estável sim, casamento dá direitos que casais heteros tem, como adoção de filhos, etc.

          Responder
          1. Romer Vitor
            ·

            e porque não deveriamos ter os mesmo direitos que casais heteros? A constituição não diz que somos iguais perante a lei? Dizem que nós queremos privilegios e ser uma super raça, será que não é o contrario amigo?


          2. ·

            União civil é uma coisa, casamento é outra. Divide bens, herança, adoção, etc. São vários fatores. Se um casal homo não reproduz, CERTAS coisas NÃO FAZEM SENTIDO NENHUM! Fora a questão de educação e ideologia de gênero. É questão de racionalidade e obviedade, derivado da natureza. Ninguém quer impedir de 2 pessoas se amarem, isso eles tem TOTAL direito… agora nunca serão um casal reprodutor sanguíneo de fato, como disse, CERTAS coisas não fazem sentido! Privilégios sim, esculacham que 100% dos casos são homofobia mas esquecem que muitos dessas pessoas entraram ou se meteram no crime. Aliás o número de assassinato de homossexuais é 20x menor do que héteros. Mesmo se for pro preconceito NÃO SE DEVE julgar por isso e sim pela crueldade dos atos… não somos iguais perante a LEI?

      2. Pedro
        ·

        “O problema de se legalizar seria considerar isso “normal””

        E por que não é normal? Vc se expressa de maneira sutil com medo de expor as ideias.

        Responder

        1. ·

          Gays são normais, ser gay não, não é natural, o que não quer dizer que não possam ser felizes. Como Clodovil disse, não se deve ter orgulho de ser gay e sim ter orgulho de ser quem você é.

          Daqui a pouco defenderão outras formas de amor também.

          Responder

    2. ·

      Não, quem faz isso é a esquerda! Se ele disse que está aberto ao diálogo sobre isso é porque ele não está obrigando ninguém a seguir sua ideologia não é? Óbvio que é laico, nem por isso ele tem que aceitar tudo, como qualquer político populista. É óbvio (que nem no casamento gay) ele também estaria aberto ao diálogo.

      Responder
    3. Marcelo
      ·

      O nojento nercio um homem e uma mulher gera uma vida e o sangue da mulher vira leite e uma dupla de dois homens ou duas mulher gera oq doença submundo prostituição medo dor e morte será q vcs são tão burro q não enchergao

      Responder
  5. Daniel
    ·

    Peço por gentileza que me deixe argumentar com um direito de resposta.

    Já está confirmada a homofobia em dois pontos, na interpretação da constituição em sua hermenêutica e na realidade dos fatos.

    Vou explicar porque o Bolsonaro é homofobico sim, e porque oque vocês estão fazendo é puro jogo de marketing.

    Primeiramente que a constituição federal não é letra morta, exatamente por isso o STF reconheceu e estendeu o direito ao casamento à pessoas do mesmo sexo, tendo em vista o caráter igualitário da própria constituição em função da realidade e não da interpretação filosófica. A interpretação filosófica cabe à igrejas, grupos religiosos e estudantes da área, mas isso nem sempre condiz com a realidade comprovada e empírica.

    A realidade é evidenciada no fato de que todos os conselhos, respeitáveis é claro, de medicina e psicologia de todo o mundo, incluindo o brasileiro, consideram a homossexualidade uma expressão de sexualidade humana, uma orientação sexual distinta, que é inerente à pessoa do homossexual, ou seja não é uma doença.

    Obviamente qualquer tipo de maneirismo pode ser aprendido e desenvolvido durante a vida de uma pessoa, seja ela heterossexual ou homossexual, o fato é que não há um botão de desligar e ligar para um lado ou para o outro. E que é no mínimo estranho o argumento de que um casal gay não possa adotar porque o filho heterossexual corre o risco de aprender a ser “gay”, tão estranho quanto os argumentos do século XX que condenavam o casamento entre brancos e negros, e também tão irreais quanto, primeiro porque não se pode provar tal afirmação, segundo porque se a criança será ou não gay é menos importante do que se ela terá um lar estruturado e com condições reais de recebe-la. Lembrando que na esmagadora maioria dos casos em que ocorre algum tipo de abuso sexual de caráter homossexual, são por parte dos pais e tios ou parentes mais próximos da própria criança, que em muitas das vezes são casados e ditos heterossexuais.

    A adoção como forma de constituir família é, sem dúvida, uma das formas mais seguras para a criança, porque para que ocorra depende do contato com assistência social, juiz e psicólogos, ou seja, existe toda uma estrutura que deve existir para que seja aprovada, caso bem diferente das milhões de crianças que nascem todos os anos em lares desestruturados.

    Ser contra o casamento gay e a adoção de crianças por esses casais é uma violação da realidade, do que aponta a ciência, os médicos, os conselhos de psicologia (os não influenciados pela filosofia religiosa), e da própria constituição federal em sua hermenêutica, e significa que filosofias de um grupo, sejam de achismo ou mesmo religiosas, tem o direito de definir quem é o merecedor de casar e constituir família, ou seja, quem é que tem o direito e quem é que não tem.

    Isso é um jogo de ideais perigoso, porque nesse entendimento casais homossexuais são destituídos de direito e do direito pétreo da igualdade porque eles SÃO, AGEM, se RELACIONAM e AMAM de uma forma contrária à uma filosofia de vida qualquer, o que abre o pretexto para se excluir diversas outras pessoas de seus direitos, além dos homossexuais, de acordo com oque determina uma filosofia

    Quando o Bolsonaro fala que ser homossexual é “falta de porrada”, em interpretação franca, ele fala que prefere um filho reprimido sexualmente à gay, que nunca aceitaria um filho gay e que ser gay depende apenas da educação dadas pelos pais. Todos argumentos que perpetuam o preconceito e a discriminação que milhares de adolescentes e jovens gays sofrem por parte de suas famílias.

    Quando Bolsonaro fala que preferia um filho morto num acidente de carro à um filho gay, ele já te indica qual condenação ele acha apropriada para um homossexual.

    O mais engraçado é que a sociedade como um todo é hipócrita, por exemplo, se ele falasse que preferia um filho morto num acidente de carro à um filho negro, perderia metade do eleitorado da noite para o dia, mas é de alguma forma aceitável que ele se refira assim á um homossexual, ou seja, o direito é seletivo, não igualitário, um filho gay morto é válido, um filho negro morto não. Qual a diferença entre um negro, gay, branco, ou um branco gay ou um heterossexual negro? Absolutamente nenhuma. Então porque ele disse isso? Porque o preconceito é irracional. Mas porque eu usei negros no meu argumento? Simples, assim como existe o racismo, existe a homofobia, no entanto o racismo não é mais aceito, já a homofobia sim. Segregar e separar o homossexual de alguma forma ou maneira, como já foi feito com os negros, impedi-los de casar, constituir suas famílias, amar, demonstrar afeto público, tudo isso, é discriminação e homofobia.

    Então não me venham tampar o sol com a peneira por favor. Tenham o mínimo de dignidade.

    Responder
  6. Marcelo
    ·

    Vcs dizem que ser gay e normal e de nascença eu digo q e mentira porque primeiramente só existe dois genes masculino e feminino e segundo e influência terceiro e modismo e quarto seguirá espiritual aí uma pergunta me mostra um deficiente visual ou um mundo q nascerão gay não tem não existe porque se não ver não sente vontade e se não escuta não se influência e outra quem abriu isso foi o comunismo racista do PT e outros partidos Lula da Silva e pois logo numa nação corrompida como o Brasil aí já viu claro q da certo

    Responder
  7. Marcelo Moreira
    ·

    Existe uma grande confusão conceitual em todos os lados. Casamento é instituição civil, matrimônio é religioso. União estável é equiparada ao casamento (civil). O matrimônio (religioso) pode ser proibido, porque é uma instituição privada e cujas regras seguem preceitos próprios, mas o casamento civil não poderia ser proibidos, já que a União estável gay é reconhecida

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *