17) Afirmou que o ato homossexual é falta de porrada, seria INCAPAZ de amar um filho gay e preferir que um filho morra num acidente do que apareça com bigodudo por aí…

 

agoraetarde-vert
Bolsonaro oprimindo homossexual… Absurdooo!!!

“Afirmou que o ato homossexual é falta de porrada”;

— Resposta Rápida:

Bolsonaro sabe que gays nascem gays:

(aos 1:10): https://www.youtube.com/watch?v=4X0RG6DE114

Mas também sabe que Ideologia de Gênero e afins não passam de uma lavagem cerebral, que relativiza a sexualidade e faz com que pessoas pensem que são algo que não são :

Paradoxo da Igualdade – https://www.youtube.com/watch?v=G0J9KZVB9FM

Gays ou Hétero – https://www.youtube.com/watch?v=sED5qymZck0

Mas mais do que tudo, sua ideologia, a direita conservadora, protege que cada família administre do melhor jeito, sem que o estado interfira nisso.  Já existem leis contra agressões e proteção do menor. Então aqui a fala dele NÃO DEVE SER LEVADO AO PÉ DA LETRA.

Sobre ser incapaz de amar um filho gay e preferir que um filho morra ele explica o fato distorcido (aos 9:40): https://www.youtube.com/watch?v=jz-jLUkXma8 

 

Eduardo Bolsonaro (filho de Jair) mostra a intolerância dos que se dizem defensores da tolerância e porque o seu pai é grosso/irônico com esses militantes: https://www.youtube.com/watch?v=y2kLN1qMSOc

32 Comentários


  1. ·

  2. ·

    Então ele não nega que disse isso? Porque isso está numa lista de mentiras, se ele realmente falou isso?

    Responder

    1. ·

      Jair pensa que o homossexualismo exagerado hoje em dia está no comportamento, ocasionado pela lavagem cerebral que a esquerda faz a décadas e da libertinagem exacerbada.

      A mentira está na interpretação que fazem disso. Muitas pessoas ficam chocadas e ja viram a cara, pensando que ele espancaria a criança, principalmente quando sai dos opositores.

      Neste caso não se pode criar espantalhos, ele quer dizer que ficaria desapontado, colocando o filho de castigo. Já existem leis contra agressão infantil então o ato de “meter a porrada” não deve ser levado ao pé da letra.

      Outra que ele ja disse que cada família admnistrará este ponto, se você não acha que seu filho não precise de ensinamentos neste sentido, não tem problema, o estado não se mete na família.

      Responder
      1. Pedro
        ·

        Se “meter porrada” não deve ser levado ao pé da letra, como deve ser interpretado? Ora essa.

        Responder

        1. ·

          Criança deve estudar e não pensar em sexo, é neste sentido que ele diz. Como Bolsonaro disse: se ele mais tarde se revelar gay não tem problema, mas não se deve ser promíscuo desde cedo.

          Responder
    2. Brgm
      ·

      Tava até indo bem, mas perdeu a credibilidade nessa resposta. Enrolou enrolou e não afirmou que ele disse. DISSE SIM!!!!!! Várias crianças sofrem espancamentos e levam porrada por causa de frases como essa, chegando muitas vezes a óbito.

      Responder

  3. ·
  4. Aldus Daniel
    ·

    Eu por enquanto apoio o bolsonaro mas eu recentemente vi uma entrevista onde ele disse”nenhum pai tem orgulho de um filho gay” qual a explicação se ele não é homofóbico?

    Responder

    1. ·

      Tem orgulho de ter um filho pela índole/caráter/ética e não pelo fato de ser gay, não ficar colocando a sexualidade a frente de outras qualidades entendeu?

      Como diz o Jair:”A intimidade das pessoas não nos interessa a ninguém!”

      Agora junte o fato da porrada é justamente deixar-se se envolver com pessoas de má índole ou que façam a cabeça do jovem a ser algo que não é e se arrependa depois. Mas se ele for gay, esta proibição não será relevante certo?

      É isso que Bolsonaro quer passar.

      Responder
      1. Roberto
        ·

        Só pra complementar aqui, Jair Bolsonaro elogiou clodovil na CPI, INCLUSIVE, afirmou que se acha muito parecido com ele. Um homossexual de maximo respeito. Não por ser um conservador apenas. Mas simplesmente por deixar claro que o mesmo NÃO TINHA ORGULHO de ser gay, mas sim de ser uma pessoa de carater, de respeito. Uma menoria que quer a libertinagem, e não a liberdade, e ainda impregnar isso dentro da escola para crianças de 6 anos de idade. Isso não merece mesmo respeito. VIADO não merece respeito. HOMOSSEXUAL sim. Pq o homossexual mesmo, só quer saber de mostrar seu lado afetivo dentro de quatro paredes. E isso TAMBÉM VALE PARA HETEROSSEXUAIS.

        Responder
        1. Pedro Victor
          ·

          O que difere liberdade de libertinagem? Não seria este último apenas um nome criado para impedir as pessoas de viverem como quiserem? Se eu quiser segurar as mãos do meu namorado em público, passa a ser libertinagem? Preciso demonstrar CARINHO só entre quatro paredes? Um beijo é algo demais, também? Quem não quer ver não pode simplesmente… fechar os olhos/virar o pescoço? Precisa desdenhar? Quando você fala que cada família deve criar os filhos como bem entender e quiser agir com relação aos ensinamentos (principalmente os de natureza sexual) não é quem está relativizando? Crianças não precisam saber sobre sexo e diversidade sexual? Se as crianças, como vocês alegam que ele saiba, já nascem assim, como aulas sobre diversidade sexual vai influenciar isso? A criança nasce ou não com suas preferências sexuais bem estabelecidas? Quem são os pais para quantificar o tamanho de influência que a criança pode ter sofrido para ser ou não de uma maneira? Isso não pode levar a uma conclusão de que a criança SEMPRE nasce heterossexual ou cisgênero e que a sociedade que a está moldando de outra forma e a enganando, dando brecha para “tratamentos” abusivos? O governo não deveria criar maneiras de impedir que pais possam fazer isso? Quem quantifica isso são os conservadores que acreditam que, embora a criança nasça gay/transgênero, os filhos dele nunca assim o serão e, como tal, eles têm o direito de impedir isso. Não é um pouco fantasiosa a forma como você falou?

          Responder
        2. Pedro
          ·

          Roberto, o seu próprio jeito de se expressar mostra que vc assim como o Bolsonaro são preconceituosos, mas não têm coragem de admitir.
          O que vc classifica como “viado”? Vc não quis dizer VEADO? E por que usar esse termo chulo, preconceituoso pra classificar alguns? Qual é o seu embasamento?
          Aposto que vc usa esse termo pra rotular um casal de homens que se beija em público.

          Responder
      2. Pedro
        ·

        Quando vc diz “que façam a cabeça do jovem a ser algo que não é e se arrependa depois.”, insinua que a homossexualidade pode ser “desenvolvida”/”incentivada” por outra pessoa e isso é falso.

        Responder

        1. ·

          Veja sobre ideologia de gênero sabichão, na cabeça das crianças em desenvolvimento a promiscuidade e pedofilia podem ser incentivada, não quer dizer que virará gay (como você citou o que escrevi ali), fazem isso pra combater a homofobia, esquecem das consequências.

          Responder
    2. Josef
      ·

      Aceitar é uma coisa.. orgulho é outra. O orgulho que sentimos é fracionado.. você pode se orgulhar por ter um bom filho, honesto, trabalhador, estudioso.. uma porrada de características que se possa sentir orgulho.. mas um pai não sentir orgulho pelo filho ser gay acho completamente normal.

      Responder
    3. Gabriela
      ·

      Bom, você vai ter orgulho de chegar e dizer que seu filho é homo?
      Isso não foi uma frase homofóbica, mas sim, ele disse apenas a verdade, nós aceitamos a sexualidade deles, mas não é legal dizer que você tem um filho “homo”.

      Responder
    4. Gustavo
      ·

      Homofobia é defender publicamente a MORTE de Gays ou realizar o ato. Não ter orgulho de um filho gay JAMAIS será homofobia, pois é uma OPINIÃO, e até onde sei, ter opinião NÃO É CRIME…

      Responder

  5. ·

    Ele disse no vídeo que prefere ter um filho drogado do que um filho homossexual kkkkk Meus Deus tenha pena desse cara…sério mesmo.

    Em dois vídeos ele também fala que nenhum brasileiro gosta de homossexuais.

    E em um vídeo fala que os gays não merecem respeito, que quem tem que respeitar os gays que tem que respeitar os heteros. Ué!!! Eu pensei que respeito era recíproco. Mas parece que pra ele é só entre heterossexuais né? Kkkkkkk

    Responder

    1. ·

      Não lembro deste fato que diz, mas sei que ele disse que prefere que um filho chegue quebrado em casa do que se dizer homossexual, pois promiscuidade desde cedo (lembre-se que ele se refere a crianças) leva a caminhos mais profundos.

      Brasileiro não gosta de homossexualismo e não homossexuais, por ser um povo conservador. Isso é FATO. Respeitamos sim, mas não venha impor sua vontade.

      Cara vc ta distorcendo para sua interpretação, ele diz que estes movimentos gays QUEREM IMPOR sua ideologia de gênero e o kit gay sobre a vontade do povo conservador, não passando de totalitários utópicos. Tem uns 500 vídeos falando com gays e que diz que os respeita, mas eles tem que respeitar também!

      Responder
  6. Brgm
    ·

    Não simpatizava com Bolsonaro, mas me obriguei a ler essa página pra não ser o injusta ou repetir coisas sobre ele das quais não tinha certeza. Pesquisei e ele DISSE SIM essa frase triste! Só confirma o que já pensava dele. Essa página tenta florear o pensamento desse político pra mascarar o que ele é.

    Responder

    1. ·

      Ele disse sim, mas você SÓ QUER ENXERGAR a SUA VERSÃO dos fatos né? Distorcendo tudo e escrevendo asneiras aqui.

      Cadê os argumentos?

      Responder
  7. Vinícius
    ·

    Muitos dizem que ele disse que “Prefere o filho morto que ser homossexual” o que vocês têem a dizer sobre isto? Gostaria de saber pois concordo com diversas coisas dele

    Responder
      1. Raul
        ·

        Mesmo que o cara aí de cima não tenha “compreendido”, não modifica o fato dele ter dito. Então não é mentira.

        Responder
  8. Socialista Fabiano
    ·

    Já pensaram em colocar transcrições do que foi dito por ele em vez de só links para vídeos?

    Responder
  9. Murilo
    ·

    Então quando os senhores dizem que querem matar alguém quando estão em um momento de raiva isso é disseminação do ódio, e não ironia?

    Responder

    1. ·

      Depende o contexto e quem disse isso, se foi um criminoso ou psicopata é bem capaz que seja verdade.

      Não venham com distorções e espantalhos!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *